Deu até sono.

16 de setembro de 2007

O que parecia ser uma corrida das mais disputadas do ano acabou se transformando numa das mais chatas. Na largada o GP da Bélgica de F-1 teve temperatura elevada. Alonso cravou a faca nos dentes e partiu para cima de Hamilton que tentava ganhar sua posição, melhor para o espanhol que manteve o terceiro posto até o final da corrida diminuindo para dois pontos a diferença entre ele e seu companheiro de equipe.

Na Ferrari, como já havia postado aqui no Blog, a disputa é para saber quem é o melhor e merece o posto de primeiro piloto e, neste caso, a vantagem está com Kimi. O brasileiro Felipe Massa tentou alguma coisa na largada, mas durante toda a corrida Raikkonen foi superior e andou sempre mais rápido fazendo uma corida sem sustos e garantindo mais uma vitória e o décimo-quinto campeonato de construtores para a Ferrari. O resto nenhuma surpresa e as posições só se alternaram por conta das paradas para abastecimento e troca de pneus. Resultado final: 1° – Raikkonen; 2° – Massa; 3° – Alonso; 4° – Hamilton; 5° – Heidfield; 6° Rosberg. Rubens Barrichello ficou na rizível 13ª colocação.