O da cerveja

17 de setembro de 2007

Na disputa contra seu rival e companheiro de equipe Nelson Piquet percebeu a importância de criar um bom nivel de relacionamento com os mecânicos ingleses para que estes não favorececem o também inglês Nigel Mansel.
A tática é válida e louvável. É a tentativa de sobreviver em um ambiente hostil. Piquet sabia que era preciso ter segredos entre ele e aqueles que não trabalhavam diretamente em seu carro por isso festejava sempre com seu “time” quando batia o velho “leão”. Além do bom trato e das piadas Nelson costumava agradar os mecânicos com alguma “premiação”. Era um bônus muito apreciado.
A idéia do brasileiro de oferecer “o da cerveja” aos seus mecânicos motivou o Espanhol Fernando Alonso, que trava um duelo com o inglês Hamilton em equipe inglesa a oferecer R$ 2.500 aos seus mecânicos por cada corrida em que ele superar seu rival e desafeto. O problema é que Fernando não soube fazer a coisa e a notícia caiu na boca do chefe Ron Dennis que proibiu a bonificação.
O espanhou fatura anualmente algo em torno de R$53 milhões!!!!
Acho que os mecânicos vão encontrar uma maneira de não perder essa boquinha.