"Alonso é pior que um cachorro", diz Lauda

20 de setembro de 2007

“Alonso é pior que um cachorro”. Foram essas as palavras usadas pelo tricampeão mundial de Fórmula 1, nos anos de 75,77 e84, o autríaco Niki Lauda.

Segundo declarações à imprensa alemã Lauda compara a situação vivida por Alonso dentro da Fórmula 1 à polêmica do final dos anos 80, entre o francês Alain Prost e o brasileiro Ayrton Senna, ambos piltos da McLaren na época. “Prost era um cachorro, mas Alonso é pior”, disse Lauda.
O austríaco ainda criticou Alonso pelo tipo de política que o espanhol realiza dentro da McLaren e o chamou de “débil”.
“Existem dois tipos de pilotos. Os egoístas absolutos, como eu fui. Para eles, não há nada mais importante que ser o melhor do circuito”, falou.
“Por outro lado, existem os que fazem política dentro da equipe para fortalecer sua posição, como faz Fernando Alonso, o que o deixa aos lados dos débeis”, acrescentou.
Lauda já havia criticado Alonso em outras ocasiões. Em agosto, antes do GP da Turquia, prova vencida pelo brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, o austríaco sugeriu a Alonso para deixar de lado as reclamações.
“Sugiro a Alonso que deixe de queixar-se da sua equipe, a McLaren, e de seu companheiro, Lewis Hamilton, e se dedique a pilotar”, comentou.
“Ao invés de queixar-se e lamentar-se, que é isso que ele vem fazendo neste momento, ele necessita de concentração para pilotar mais rápido”.

A Matéria foi publicada também no Portal Terra. http://www.terra.com.br/