Não gostei

20 de setembro de 2007

Não gostei das declarações do tricampeão mundial de Fórmula 1, o austríaco Niki Lauda, que além de bom piloto considero um pessoa equilibrada. Em 1989 o jornalista Roberto D’avila no ainda Conexão Internacional entrevistou Niki. Foi uma longa conversa onde pude perceber que as cicatrizes de seu acidente nas pistas haviam deixado aquele homem mais doce e paciente com as coisas da vida. Mas estranhou-me a cólera destilada por Lauda contra Alonso e Alain Prost.

Existem vários tipos de piloto, é certo, mas existe também vários tipos de ex-pilotos e, infelizmente Lauda pode entrar no time daqueles que falam para voltarem a ser notícia.

Vou dar crédito ao velho campeão, de quem gosto, e torcer para ele não se enveredar nesse expediente tão pequeno quanto aqueles que o criticaram quando voltou a correr depois de seu acidente, chamando-o de lento e duvidando de sua capacidade de recuperação.

“Faz mais isso não Lauda”!!!