Notícias da GT3

28 de setembro de 2007

Mattheis e Xandy comparam Viper (foto) e Lamborghini – O prazer de pilotar o Lamborghini Gallardo e o maior espaço interno no cockpit foram os fatores determinantes que influenciaram a equipe Medley, dos pilotos Andréas Mattheis e Xandy Negrão, a abandonar o Dodge Viper Coupé com o qual haviam conquistado uma vitória, um segundo, um terceiro e um quarto lugares ­– resultados que colocaram a dupla na segunda posição na tabela de classificação. Mattheis e Negrão disputarão neste fim de semana a terceira rodada dupla da temporada do Brasil GT3 Championship, com provas válidas pela 5ª e 6ª etapas.
O novo Lambo do grid da GT3 é o mesmo modelo usado pela dupla líder do Brasil GT3 Championship, Alceu Feldmann/Paulo Bonifácio. Mattheis e Negrão realizaram um teste comparativo na última quarta-feira no autódromo de Londrina (PR). “Usamos pneus velhos, mas o Lamborghini se mostrou mais prazeroso de pilotar”, apontou Mattheis, multicampeão brasileiro de Marcas. “O câmbio também é muito bom, atrás do volante, e são usadas cinco marchas no traçado, quando com o Viper só usávamos três em virtude de sua longa relação de engrenagens”, disse.
O engenheiro da equipe, Thiago Meneghel, informou que o Gallardo tem um conceito pouco diferente de se trabalhar em relação ao Dodge Viper Coupé. “A parte mecânica oferece um acesso mais fácil, mas por outro lado há muito mais eletrônica em virtude do câmbio semi-automático e dos freios. No resto, é muito parecido com os outros carros da categoria, por isso acho que estão todos bem equalizados”, apontou.
Foto: Miguel Costa Júnior/GT3