Boa Vitória

4 de novembro de 2007

Quem ficou acordado na madrugada de domingo (04) foi recompensado com uma excelente disputa entre as Seleções Brasileira e Cubana feminina de vôlei. Ao final o Brasil venceu por três sets a dois, parciais de 25/19, 19/25, 25/17, 19/25 e 15/11, O jogo foi válido pela Copa do Mundo de Vôlei, disputada em Hamamatsu, no Japão.
O vôlei também é uma de minhas paixões. Sempre acompanhei as exibições em quadras e arenas cearenses. Na adolescência, além de praticar, acompanhava meu irmão (profissional de educação física), nos jogos do Ideal Clube e Colégio Nossa Senhora das Graças, onde ensinava a modalidade.
Feito esse histórico posso dizer que observo o vôlei com olhares mais aguçados, sem me perder na torcida, principalmente quando o Brasil está em quadra. No Jogo deste domingo percebi que as nossas atletas estavam com vontade de jogar, queriam devolver a derrota que haviam sofrido no Pan. E foi esse o maior motivador do jogo porque Cuba não queria perder e não deixou barato.
No set decisivo prevaleceu a coragem da equipe (inclua-se o técnico José Roberto Guimarães) de jogar mais forte, sacar com força buscando “complicar” o time adversário. Tática certa. O time não se acorvadou foi para cima e conseguiu a vitória.
É sempre bom ver um time que busca a vitória e faz do ataque a melhor defesa.
Parabéns para elas.