CBA adota antidoping

23 de fevereiro de 2008

Não podia dar em outra.

A repercussão da denúncia do piloto Renato Russo, da Stock Car Light, publicada no Jornal da Tarde, de que há pilotos que usam substâncias proibidas antes mesmo das corridas, levou o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Paulo Scaglione, a decidir, nesta sexta (22) que o exame antidoping será obrigatório nas três competições da Copa Nextel, Copa Vicar e Stock Car Júnior.

O exame será realizado através da coleta de urina, noi chamado “teste de triagem” que detecta a presença de maconha, cocaína, morfinas e anfetaminas. O resultado é obtido em cinco minutos.