Luto no automobilismo nacional

6 de março de 2008

Quem acompanha o automobilismo nacional ficou mais triste nesta quarta-feira ao tomar conhecimento da morte de um doa maiores entusiastas das pistas deste país.
Aurélio Batista Félix, idealizador de um dos mais empolgantes campeonatos nacionais, a Fórmula Truck (veja matéria do site Grande Prêmio ) deixa este plano aos 49 anos de idade. Uma perda para o automobilismo nacional pois com suas idéias vinha conseguindo levar público aos autódromos e planejava realizar este ano uma corrida noturna da Fórmula Truck no nosso autódromo do Eusébio.

Confira a matéria do jornalista Bruno Vicaria, da equipe do Grande Prêmio onde fiquei sabendo do ocorrido.
“Aurélio Batista Félix, criador e organizador da F-Truck, morreu na noite desta quarta-feira (5), aos 49 anos de idade, em Passo Fundo (RS).O dirigente não vinha bem de saúde: no último domingo, durante o pódio da etapa de abertura da temporada 2008, em Guaporé (RS), Felix teve um infarto (ataque cardíaco).De ambulância, o empresário saiu do autódromo por volta das 17h e encaminhado para o Hospital São Vicente, em Passo Fundo, assistido integralmente pelo dr. Daniel de Morais, médico oficial da categoria. Rolf Gemperli, piloto da Copa Clio e cirurgião plástico do Albert Einstein, auxiliou nos primeiros socorros.Neste interim, Félix sofreu três paradas cardíacas. Ontem à tarde, Neusa, sua esposa, relatou que Aurélio havia caminhado pela UTI e estava se sentindo bem. Aurélio deixa três filhos: Danielle, Gabrielle e Aurélio Jr.Hospital divulga boletim médicoO Hospital São Vicente divulgou, pouco depois das 21h (de Brasília), o boletim médico sobre a morte de Aurélio Batista Félix, criador e organizador da F-Truck.Assinado pelo dr. Álvaro Soares, o comunicado diz que, às 17h, Aurélio sofreu um infarto e foi submetido a uma angioplastia.Em função da medicação do procedimento, ele teve uma hemorragia estomacal, entrando em óbito às 18h. O corpo já foi liberado e deve ser removido ainda nesta noite. Colaboraram Luciano Monteiro, de Cascavel Glauce Schutz, de Porto Alegre Claudio Ricci, de Passo Fundo”.