Copa Renault Clio: pilotos esperam novo recorde

9 de maio de 2008

Foto:Fernanda Freixosa

A expectativa dos pilotos da Copa Clio é superar os tempos da temporada passada por conta dos resultados do primeiro teste do Clio de competição equipado com o novo motor F4R de dois litros, realizados em Interlagos. Na etapa de abertura da temporada, em Curitiba, os recordes daquela pista foram quebrados e para esta segunda etapa (dia 11), em Interlagos, os pilotos esperam que outra barreira seja superada. Pela primeira vez desde a estréia da categoria, em 2002, o hatch fabricado pela Renault deve registrar um recorde de volta abaixo da casa dos dois minutos. Como o automobilismo é um esporte que vive da superação de marcas, todos querem sair da prova paulista com o primeiro recorde da nova era registrado em seu nome. A marca em vigor para os 4.309 metros do traçado paulistano pertence a Fábio Carreira, que em 2003 registrou o tempo de 2min01s538.
A grande novidade técnica da Copa Renault Clio para a temporada 2008 é a utilização do motor F4R de dois litros no lugar do K4M, unidade 1.6 litros que equipou o hatch que é a base da categoria tipo Turismo mais popular do automobilismo brasileiro. Na versão original de fábrica, o F4R conta com 138 cv atingidos em 5.500 rpm. Com o retrabalho dos preparadores em alguns componentes mecânicos, eles certamente tiveram um ganho de potência que informalmente está calculado na casa dos 15 cv. O torque teve, segundo comentários iniciais, um incremento acima dos 15% – e é a característica que mais chama a atenção dos pilotos. Os números precisos do motor F4R de corrida somente serão liberados após seu ajuste definitivo aos carros da categoria.