Sertões 2008: Contagem Regressiva para Riamburgo Ximenes e Stanger Eller

13 de junho de 2008

Expectativa é a palavra do momento para as duplas que vão enfrentar os 4.734 quilômetros da 16ª edição do Rally Internacional dos Sertões que largará na próxima quarta-feira, dia 18 de junho, de Goiânia (GO) rumo a Natal (RN).
Agora imagine ir para o Rally dos Sertões em um carro que ainda está em desenvolvimento. O que faz um piloto como o experiente Riamburgo Ximenes optar por um carro desconhecido da maioria das pessoas? É que este ano ele vai de Sherpa, um veículo protótipo brasileiro desenvolvido em São Paulo pelo projetista e também piloto Richard Vaders. O Motor do Sherpa é um 2.8 Turbo Diesel Intercoller de 4 cilindros e 12 válvulas com 289 cv de potência a 3300rpm e torque de 68kgfm a 3000rpm. A categoria deste protótipo nos Sertões será a T1 Diesel.
Para a edição 2008 estão confirmados 168 veículos inscritos: 93 motos, 57 carros, nove caminhões e nove quadriciclos. A prova bateu recorde de estrangeiros, com 38 competidores vindos de 14 países. Vale lembrar que em 2007 foram 27 pilotos e navegadores de fora do Brasil. Estarão acelerando no Sertões pilotos e navegadores do Chile, Portugal, Polônia, Bélgica, Argentina, Catar, Suécia, Estados Unidos, África do Sul, Alemanha, Espanha, França, Uruguai e Austrália.
Um dos motivos que gerou uma maior atratividade da competição para os estrangeiros é o fato de a competição ter conquistado maior prestígio internacional. Além de fazer parte do Campeonato Mundial de Rally Cross-Country para motos e quadriciclos desde 2005, o Sertões pela primeira vez pontuará como etapa da Copa do Mundo da modalidade para carros e caminhões. Segundo a organização esta será uma prova técnica e muito bem elaborada, exigente como se espera de um bom rali e bela como o Brasil e suas variações de vegetação e piso.