Rogério Almeida cumpre os desafios do Rally dos Sertões

28 de junho de 2008

Foto: Idário AraújoApós dez dias de competição, encarando os mais difíceis obstáculos off-road, numa demonstração de garra e coragem, Roberto Reijers e Rogério Almeida terminam o Rally dos Sertões e comemoram bastante a chegada no Forte dos Reis Magos, em Natal, RN onde um público bastante animado estava a espera dos pilotos que participaram do 16º Rally Internacional dos Sertões. O segundo maior rali do mundo terminou nesta sexta-feira (27), após dez dias de competição e 4.735 quilômetros percorridos. O favoritismo da equipe Volkswagen foi confirmado, com vitória de Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz, seguidos de Mark Miller e Ralph Pitchford.
Dos 59 carros que largaram de Goiânia, GO, 16 abandonaram a corrida por problemas mecânicos. Tratou-se de uma disputa que exigiu preparo físico dos participantes e resistência dos equipamentos.
No primeiro ano como equipe independente, a Reijers Rally Team fez uma prova de superação e persistência. O piloto Roberto Reijers e o navegador Rogério Almeida (que chegaram a ocupar o segundo lugar na categoria Protótipos até a terceira etapa), tiveram alguns contratempos com a picape Ford Ranger, e sofreram bastante no decorrer da especial mais longa de todo o evento (536 quilômetros, no Jalapão, TO). O time aproveitou cada lição que teve e a maior vitória foi, sem dúvida, terminar o rali. A princípio, o objetivo era chegar entre os cinco primeiros da categoria, mas devido aos problemas que tiveram, sentem-se vitoriosos por terminar mais um Rally dos Sertões.
A Reijers Rally Team volta para casa onde retomam os planejamentos do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country e Copa RallySP. A próxima disputa de Roberto e Rogério será em São Paulo, no dia 23 de agosto, pela 3ª etapa do Brasileiro.