Telefônica Speedy GT3 Brasil: No ano de estréia, equipe Full Time faz dobradinha em São Paulo

13 de julho de 2008

Fotos: Miguel Costa Jr.Melhor dupla do final de semana, Lico Kaesemodel e Alceu Feldmann conquistam a segunda vitória para o Dodge Viper Competition V10 (foto) na temporada. Um dos times de maior sucesso no automobilismo nacional nos últimos anos, a equipe Full Time Sports conquistou neste domingo, em Interlagos, sua primeira vitória no Telefônica Speedy GT3 Brasil. Lico Kaesemodel (parceiro de Alceu Feldmann) assumiu a liderança da prova a nove voltas do final, após um toque entre os líderes Andreas Mattheis (parceiro de Xandy Negrão) e Walter Salles (Ricardo Rosset), e levou o Dodge Viper Competition V10 ao alto do pódio pela segunda vez na temporada. Um resultado, aliás, duplamente comemorado, já que o time comandado pelo engenheiro Maurício Ferreira conquistou a dobradinha na prova paulista com os irmãos Fabio e Wagner Ebrahim.
Essa foi a primeira rodada dupla do ano em que os Ford GT V8 não faturaram pelo menos uma das provas do fim de semana. E neste domingo, por apenas nove voltas a corrida não terminou com nova dobradinha do modelo norte-americano. Na disputa pela liderança, Mattheis chegou a ser ultrapassado por Salles na segunda perna do Esse do Senna, mas atingiu a lateral do adversário e acabou punido pela direção de prova com um drive-through. Salles abandonou a corrida no incidente, enquanto Mattheis pôde continuar para terminar na quinta posição.

Para os irmãos Ebrahim, o resultado foi conquistado com muita dificuldade, em especial pelo problemas enfrentados no sábado – a dupla bateu na primeira tomada de tempos e, devido ao curto intervalo entre os dois treinos para definição dos grids, os Ebrahim também não participaram do segundo treino. Por isso, os irmãos largaram em último neste domingo.

A prova de São Paulo marcou, também, a volta do modelo Ferrari F430 V8 ao grupo dos três melhores supercarros em uma corrida – algo que não acontecia desde a rodada dupla de abertura da competição, em Curitiba.

Após a rodada dupla de São Paulo, Xandy Negrão e Andreas Mattheis continuam na liderança da competição, mas a vantagem para Walter Salles e Ricardo Rosset continua nos mesmos seis pontos de quando a categoria chegou a Interlagos. Eles têm agora 50 pontos na tabela, contra 44 dos vice-líderes. Vencedores no sábado, Paulo Bonifácio e Ingo Hoffmann tiveram um pneu furado na 23ª volta, quando ocupavam a vice-liderança, e abandonaram pouco depois. Mesmo sem marcar pontos, eles seguem em terceiro no campeonato, com 34. A nona e décima etapas do Telefônica Speedy GT3 Brasil será disputada no dia sete de setembro, no Rio de Janeiro.

Os seis primeiros da etapa de São Paulo deste domingo foram:
1º) L.Kaesemodel/A.Feldmann
2º) W.Ebrahim/F.Ebrahim
3º) M.Hahn/A.Khodair
4º) A.Mazzochi/M.Stumpf
5º) A.Mattheis/X.Negrão (FG, RJ/SP)
6º) C.Ricci/R.Derani
Passadas as oito primeiras etapas, o campeonato ficou assim:
1) Xandy Negrão / Andreas Mattheis, 50 – 2) Walter Salles Jr. / Ricardo Rosset, 44 – 3) Paulo Bonifácio / Ingo Hoffmann, 34 – 4) Alceu Feldmann, 31 – 5) Wagner Ebrahim / Fábio Ebrahim, 30 – 6) Cláudio Ricci / Rafael Derani, 27 – 7) Renato Cattalini / Antonio Jorge Neto, 19 – Lico Kaesemodel, 18 – 9) Matheus Stumpf, 16 e Valdeno Brito, 16 – 11) Norberto Gresse, 15 – 12) Ramon Matias, 14 – 13) Thiago Marques, 13 – 14) Abramo Mazzochi, 12 – 15) Giuliano Losacco / Walter Derani, 11 e Allam Khodair / Marcelo Hahn, 11 – 17) Wilson Fittipaldi / Emerson Fittipaldi, 8 – 18) Elias Nascimento Jr. / Leonardo Burti, 4 – 19) Luiz Garcia Jr. / Sérgio Lúcio , 3 e Antônio Hermann, 3 – 21) Otavio Mesquita, 2

Com texto de Rafael Durante