Corrida do Milhão

3 de agosto de 2008

A prova mais aguardada por todos e que será realizada no Rio de Janeiro no próximo dia 31, foi um dos assuntos mais comentados nos bastidores da Stock Car. Questionados sobre o que fariam com um prêmios desse, os pilotos disseram que ainda não têm idéia. Thiago Camilo disse gostar muito do Rio de Janeiro e sonha em investir em um imóvel na cidade maravilhosa. “Sempre quis morar no Rio e com esse dinheiro talvez compre um apartamento por lá. É complicado dizer. É diferente quanto você tem tanto dinheiro assim na mão. É um sonho distante, vai ser uma corrida difícil”, afirmou. Já Marcos Gomes acredita que difícil é ganhar o prêmio, sendo fácil apenas gastá-lo, mas não sabe ainda o que fazer se vencer. “Vamos dividir o prêmios em três parte e ainda não pensei no que fazer. Estamos trabalhando para fazer uma boa prova e brigar pela vitória. Se isso realmente acontecer, ai vamos pensar no que fazer”, declarou. Para Cacá, mais importante que o dinheiro é a vitória na prova. “É uma corrida especial, independente do valor, e ao vencê-la, você ganha destaque. Mas acho que o título de campeão da categoria é mais importante, porque o dinheiro vem se você tem o título. Sobre a divisão com a equipe, isso é justo já que todos nós fazemos parte de uma coisa só. Eu sou um funcionário a mais neste grupo”, finalizou o bicampeão.

A Copa Nextel Stock Car tem realização e organização da Vicar Promoções, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O patrocínio é de Goodyear e Caixa, com co-patrocínio de Medley, Bosch e Petrobras. As montadoras presentes são Chevrolet, Mitsubishi e Peugeot.