Meu pitaco olímpico

12 de agosto de 2008

Até quando ?
Mais uma edição dos Jogos Olímpicos. Milhões de dólares serão movimentados. Heróis e vilões serão apresentados diariamente na cobertura dos meios de comunicação, que exploram cada momento da pauta mais fácil de emplacar nesses tempos de olimpíadas. Mas o que um país como o Brasil vai ganhar com mais uma participação olímpica?

Sem entrar no mérito político, querem empurrar pela goela dos brasileiros os jogos de 2016 no Rio de Janeiro. Falam em um país mais desenvolvido por causa do esporte e que os jogos Pan Americanos foram a prova de que o país pode sediar uma olimpíada. É uma pena ver que depois do Pan de 2007, não tivemos mudanças radicais na forma de se encarar o esporte.

Salvo algumas ações pontuais, e o trabalho de determinadas instituições privadas ou não governamentais, não se conhece uma política nacional de esporte. Disseminar jogos escolares, indígenas e outros mais, está longe de fazer do Brasil um país onde será possível associar o esporte ao desenvolvimento econômico e social. Não quero ser pessimista, nem muito menos minimizar uma competição grandiosa como os Jogos Olímpicos. Mas hoje existem muitos interesses. Interesses maiores, marcas a serem mostradas. O mundo dos negócios só parece dar lucro a poucos, pois em se tratando de Brasil ou China, ainda é possível ouvir relato de atleta que passou fome até vencer no esporte.

Por favor.
Um mais pouquinho de seriedade sobre o assunto.