Super GT: João Paulo de Oliveira quer pontuar novamente em Suzuka

21 de agosto de 2008

Foto:Divulgação Apesar de ser o piloto da Nissan que tem alcançado os melhores resultados nas duas últimas provas disputadas, o brasileiro João Paulo de Oliveira vai para a sexta etapa do Campeonato Japonês de Super GT, neste final de semana (24/8), sem alimentar muito otimismo. “Em Suzuka a expectativa não é das maiores. Continuamos com muito lastro, e isso dificulta bastante o desgaste de pneus, principalmente por estarmos no verão e essa ser uma prova muito longa”.
Abrindo a metade final do certame da principal competição de Gran Turismo do Oriente, bem no meio do verão, e com a prova mais longa do calendário, com vários pit stops para reabastecimento, trocas de pilotos e pneus, os 1000 Km de Suzuka poderão ter surpresas em seu final, o que dá uma ponta de esperança ao brasileiro que venceu a prova na quentíssima Malásia. “Pelo motivo de ser uma corrida longa, mantenho alguma esperança porque muita coisa pode acontecer numa prova assim e podemos nos beneficiar”, acredita Oliveira.
As dificuldades impostas pelo regulamento, que determinou um lastro inicial de performance para a Nissan de 80 quilos, mais o que é somado de acordo com os resultados positivos, deixaram o carro de João Paulo com 95 quilos a mais nesta etapa. Com isto, além de perder velocidade em retas e subidas, o desgaste dos pneus é maior. “Nosso objetivo será novamente buscar a zona de pontuação e perder um pouco de peso para a próxima corrida em Autopolis”, finaliza.