SUPER GT: João Paulo de Oliveira espera pontuar em Motegi

13 de setembro de 2008

Foto:Divulgação Neste domingo (14) o Autódromo de Motegi recebe a sétima etapa da Super GT, o principal certame de carros esportivos do Oriente. Numa pista totalmente desfavorável ao seu Nissan GT-R, o brasileiro João Paulo de Oliveira traçou uma estratégia diferenciada para esta corrida. “Aqui estamos em condições muito adversas. Nosso objetivo é conseguir alguns pontos e ao mesmo tempo perder parte do pesa extra que carregamos”, explica o piloto que ocupa a oitava colocação no campeonato. João Paulo tem atualmente 85 kg de lastro em seu carro, entre “punições” pela vitória na quarta etapa em Sepang e o acréscimo de peso que a organização impôs ao GT-R. “Se conseguirmos evoluir durante a prova e chegarmos em nono, por exemplo, somamos alguns pontos e ainda perdemos 40 kg ”, lembra. O esportista afirma que esse tipo de tática é comum na categoria. “Na Super GT temos que estar pensando a todo o momento na estratégia para o campeonato e às vezes é precisa sacrificar algumas corridas” afirma.

Para alcançar seus objetivos, o piloto oficial da Nissan trabalhou durante todo o treino classificatório no acerto do carro para a corrida. “Já sabíamos que a classificação seria difícil. Por isso andamos sempre de tanque cheio, com a meta de deixar o carro ajustado para as condições que vamos encontrar na corrida”, completa JP, como ele é conhecido no Japão.