Stock Car: Fábio Fogaça vence pela primeira vez na Stock Jr. em Curitiba

21 de setembro de 2008

Foto:Luis Carvalho

Dizem que a primeira vez a gente nunca esquece. Então o sorocabano Fábio Fogaça da equipe Braspress/G.Giannone/Norgren/Kraucher/Feeder/Emee) teve neste domingo (21/09) uma experiência histórica e inesquecível. O filho do veterano campeão Djalma Fogaça conquistou a primeira vitória de sua breve carreira na nona etapa da Stock Jr., disputada no Autódromo de Curitiba. “Foi bem legal. Eu vim para ganhar, tinha que ganhar”, afirma o piloto que aos 16 anos é o mais jovem do evento da Stock Car.  A primeira vitória de Fábio Fogaça foi ainda mais especial, justamente porque marcou o retorno do piloto à categoria após ficar ausente de uma corrida por falta de apoio. A partir da etapa de Curitiba o jovem piloto conta com o apoio de Braspress/G.Giannone/Norgren/Kraucher/Feeder/Emee.

Quem também estava radiante no paddock de Curitiba era o pai Djalma Fogaça. “Ver o meu filho ganhar pela primeira vez é indescritível e fantástico”, conta. Ele destacou a forma madura como o filho se comportou durante toda a prova. “O que mais me impressionou foi a maturidade dele. Na corrida não teve um único erro contra pilotos infinitamente mais experientes”, lembra.

Largando na sétima posição, com a pista molhada, Fábio Fogaça fez uma corrida bastante agressiva e ao final da primeira volta já ocupava a terceira colocação. Na passagem seguinte ele já estava em segundo lugar, pressionando o paranaense Lucas Finger. Eles então passaram a fazer um duelo acirrado pela liderança e na oitava volta o sorocabano recebeu bandeira quadriculada amarela em primeiro, por apenas 23 milésimos de segundo.

A próxima etapa da Stock Jr. acontece no Autódromo de Tarumã (RS) no dia 23 de novembro. Confira o resultado final da corrida de Curitiba:

1º) Fabio Fogaça (SP), 15 voltas em 30:11.409 (média de 110.15 km/h)
2º) Daniel Pflaumer (SP), a 3.146
3º) Lucas Finger (PR), a 4.258
4º) Sergio Ramalho (, PE), a 7.374
5º) Pedro Boesel (PR), a 8.537
6º) Patrick Gonçalves (*, BA), a 13.190
7º) João M Carvalho (*, SP), a 15.525
8º) Leonardo Medrado (*, RJ), a 39.394
9º) Ana Lima (, SP), a 39.916
10º) Rodrigo Barone (*, SP), a 43.746
11º) Beto Cavaleiro (*, SP), a 49.833
12º) Marcelo Munhoz (*, SP), a 1:00.793
13º) Alessandro Xavier (*, PR), a 1 volta