Rogério Almeida enfrentará um duplo desafio no Rally dos Bandeirantes

25 de setembro de 2008

Foto: Douglass Fagundes/Dfotos

A cidade Taubaté, SP, foi escolhida para sediar o 6º Rally dos Bandeirantes, evento que vem com uma carga dupla, pois será válido pelas 6ª e 7ª etapas da Copa RallySP – que vive seus momentos finais –, e também pelas 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country, que terminará sua temporada em dezembro, com o Rally dos Amigos. A disputa acontece neste final de semana, 27 e 28 de setembro. No sábado, serão duas especiais de 67 quilômetros, sendo a segunda em sentido inverso. Posteriormente, haverá mais uma bateria de 6 quilômetros, chamada de “Super Especial”, que será realizada próximo ao parque de apoio e o público poderá acompanhar a corrida de perto, acomodados em uma arquibancada. O percurso completo passará pelas Fazendas Nossa Senhora da Glória, Gaspar, Conceição e CBA.

A competição prossegue no domingo, com mais duas especiais de 70 quilômetros, totalizando 280 quilômetros de pura velocidade e adrenalina. De acordo com o diretor de prova, Deco Muniz, o roteiro é inédito e passará por uma área de reflorestamento de eucalipto, com muitas subidas e descidas. Com algumas erosões e ausência de lombadas, o piso mesclará cascalho e chão duro.

Roberto Reijers e Rogéria Almeida chegam ao Rally dos Bandeirantes na 6ª posição na classificação Geral da Copa RallySP, e 4º lugar na categoria Protótipos, e possuem grandes chances de terminarem a temporada entre os três primeiros colocados. Já no Brasileiro, devido aos problemas mecânicos enfrentados no início do ano, a dupla soma 24 pontos e ocupa a 5ª posição na T1, e 8º na Geral.

 Os competidores têm consciência de que pontuar para dois campeonato numa mesma prova é arriscado, pois qualquer problema pode render em um prejuízo de quatro etapas. Porém, a equipe embarcará neste desafio com bastante segurança. “Apesar de não conhecer o trajeto, já corremos na região e sabemos como é a topografia do lugar. Isso ajudará na escolha dos pneus e para ter uma idéia de como ficará o terreno em caso de chuva. Seguimos otimistas para dar continuidade aos bons resultados obtidos nas últimas corridas”, declarou Almeida. “Temos consciência do nosso patamar competitivo em relação aos nossos concorrentes, e estamos num estágio bem próximo ao dos ponteiros”, completou.

Roberto Reijers e Rogério Almeida têm patrocínio do Grupo Reijers e apoio da Toyomatic Comércio e Indústria de Máquinas, Global Produtos Metalúrgicos  e Norte Sul Veículos