Havia uma mangueira no caminho

1 de outubro de 2008

A Ferrari é pródiga em fazer bons carros, mas também insuperável em fazer papelões. Lembram do carro do Rubinho em cima do “macaco” na hora da volta de apresentação? Quem achava que esse tipo de absurdo era falta de sorte do brasileiro se enganou.

Tiraram o “pirulito” (Uma haste com um círculo para indicar se o piloto deve permanecer nos boxes ou sair), e fezeram uma espécie de semáforo. Sem querer contrarias a física que prova que a velocidade da luz é espantosamente rápida, prefiro o velho pirulito a ter de ver novamente uma barbeirada dessas.

Se as luzes mudassem de cor automaticamente ao desengate do sistema de reabastecimento ganhar-se-ia tempo, no entanto, esperar pelo acionamento de um botão por parte do chefe dos mecânicos só para mostrar que tem um “pirulito eletrônico” é demais.

Eu condeno essa verdadeira “marmota”. E vocês?

Tirem a conclusão pelo vídeo que achei no You Tube. Para ver é só clicar na foto.