Riamburgo Ximenes e Stanger Eller na busca por recuperação na Mitsubishi Cup Nordeste

10 de outubro de 2008

Fotos:Carsten Horst

O ano esta acabando, mas a Mitsubishi Cup Nordeste está fervendo.  Com 50% das suas provas realizadas, as duas próximas etapas da temporada podem definir ou redefinir os campeões deste ano. Para a dupla cearense, Riamburgo Ximenes e Stanger Eller, atuais campeões da competição (Riamburgo também foi campeão em 2006, ao lado do navegador Hugo Vasconcelos), a temporada deste ano esta sendo um tanto quanto difícil.

Tudo bem, dias difícieis são parte de toda trajetória de vitória e a dupla do Ceará sabe que quanto mais difícil é vencer, melhor é o sabor da conquista.

Mas, que dificuldades são estas?

Várias, na primeira etapa um problema com o radiador tornou a primeira bateria da prova um grande passeio, pontos preciosos foram perdidos e lá se foi à chance de vitória. Na segunda etapa, a dupla do Ceará pontuou em segundo em todas as baterias, mas por um erro da equipe de apoio, Riamburgo e Stanger foram desclassificados.

“A desclassificação foi um baque, nem imaginávamos que nosso carro estivesse com qualquer detalhe fora do regulamento. Entregamos o carro à equipe de apoio para que ela nos devolva sempre pronto para a competição. Portanto, ainda que inocentes quanto ao que aconteceu, somos completamente a favor de que o regulamento seja cumprido. Lamentamos o ocorrido, corrigimos o que era preciso internamente e agora é ir buscar o prejuízo”, declarou Riamburgo Ximenes.

A desclassificação ocorreu em João Pessoa devido o carro estar com um restritor com 39mm de abertura e não o de 36mm exigido pela Mitsubishi Cup. Segundo informações técnicas, não há prova de que tal diferença seja vantajosa na pista. A equipe de apoio lamentou o ocorrido, informou que foi um erro do mecânico responsável e que nem a dupla cearense, nem os outros membros da equipe imaginavam tal fato.

Com a desclassificação, só resta agora uma chance de vitória na temporada, vencer todas as baterias e ter 100% de aproveitamento nas duas etapas finais. Tarefa difícil, já que os resultados dos concorrentes também farão diferença ao resultado final. Mas, quem pensou que isso deixaria Ximenes e Stanger abatidos, se engana.

“Penso que a Cup Nordeste este ano esta presenciando uma briga que é linda de ser vista na pista. Nós, os líderes Bortolanza, o caçula Daniel Oliveira, temos acelerado forte e isso eleva a competitividade. Eu considero este um momento importante para o rali nordestino, onde gente nova chega agregando valor e trazendo mais adrenalina para as competições. Por isso nossa obrigação é pisar forte, seguir firmes e focados. Vencer nunca é fácil, porém vencer em meio a uma disputa estimulante é bom demais”, comenta o navegador Stanger.

A próxima etapa da Cup Nordeste acontecerá dia 11 de outubro, próximo sábado, em Natal, RN. Na pista, além da alta temperatura característica da região, os competidores ainda enfrentarão um circuito de 30km´s de muita piçarra e pedras soltas. No traçado a organização informa sinuosidade de sobra, vegetação baixa e boa visibilidade.