GT3 Brasil: “ Problemas eletrônicos foram, aparentemente , solucionados”, apostam Negrão e Mattheis

11 de outubro de 2008

Foto: Miguel Costa Jr.

Os problemas eletrônicos que impediram uma provável vitória da dupla Xandy Negrão e Andreas Mattheis na primeira corrida da rodada dupla do Rio de Janeiro , há cerca de um mês , parecem mesmo ter sido solucionados para as provas deste domingo do Telefônica Speedy GT3 Brasil, em Santa Cruz do Sul (RS). A confiança da equipe A. Mattheis Motorsports em uma rodada livre de complicações dessa natureza aumentou depois dos testes particulares realizados pelo time na semana passada , e cresceu ainda mais nesta sexta-feira , após o primeiro ensaio oficial para a sexta rodada dupla do calendário .

Xandy Negrão terminou o dia com a marca de 1min19s351, um resultado considerado positivo em virtude das condições da pista . Embora na semana anterior a equipe tenha registrado 1min18s2 com pneus novos , e 1min18s8 com um jogo já usado, Negrão manteve a confiança para as provas deste domingo . “Percebi o carro um pouco arisco quando ando no tráfego , mas o importante é que conseguimos, aparentemente , solucionar os problemas eletrônicos que vinham incomodando a equipe ”, declarou o atual campeão . “ Dentro das condições da pista , que está mais quente e mais suja que na semana passada , os tempos foram bons”, acrescentou.

O primeiro treino livre para a etapa de Santa Cruz do Sul terminou com o Porsche 997 GT3 Cup Boxer de Valdeno Brito e Norberto Gresse Filho na segunda posição . A dupla , que formou parceria pela primeira vez na rodada de Brasília – quando Gresse, na época , substituiu Antonio Hermann –, foi refeita para a rodada deste fim de semana e, mesmo com pneus bastante usados, ficou a apenas 0s3 do Ford GT V8 de Negrão e Mattheis. “Treinamos nesta semana no circuito e isso , sem dúvida , ajudou. Mas ainda tem muita coisa para acontecer , e o resultado de um treino livre não é suficiente para fazermos um prognóstico para todo o fim de semana . Vamos ter uma certeza maior quando formos para a pista para a sessão de classificação, com todos os carros usando pneus novos e buscando o limite ”, disse Valdeno.