GT3 Brasil:Acidente de Cláudio Ricci em Santa Cruz do Sul tira Ingo da prova

12 de outubro de 2008

Foto:Miguel Costa Jr.

O gaúcho Cláudio Ricci viu o mundo girar neste domingo , em Santa Cruz do Sul . Depois de receber um toque na largada, ele perdeu o controle do carro e seguiu violentamente em direção à tela de proteção do circuito . O Ferrari F430 V8 que ele divide com o paulista Rafael Derani ficou parado a poucos metros do ponto que limita o acesso do público ao traçado – o que atraiu a atenção dos torcedores mesmo com a corrida já em andamento.

Foi um fim de semana complicado para a dupla Ingo Hoffmann/Paulo Bonifácio, na 6ª. rodada dupla do Speedy Telefônica GT3 Brasil, realizada nestwe domingo (12), no autódromo de Santa Cruz do Sul. Envolvidos em acidentes logo na largada das duas corridas, a dupla sequer conseguiu completar uma volta. Na primeira corrida, realizada pela manhã, um acidente na primeira curva envolvendo Boni e Norberto Gresse, tirou ambos da prova. Com a batida, o radiador do Lambo furou e Boni foi obrigado a entrar para boxe. A equipe fez os devidos reparos para a segunda corrida. Na largada, dessa vez com Ingo ao volante, outro acidente acaba com a corrida da dupla.

“A largada foi meio confusa, vi que as luzes vermelhas permaneceram acesas. De repente, vejo o Ricci do meu lado, por dentro, me atropelando… Foi lamentável… Entortou a suspensão dianteira do carro e tivemos de abandonar. Tanto trabalho, tanto treino e nem completamos uma volta. Agora é ir em frente, faltam quatro corridas para encerrar o campeonato e estamos na disputa pelo terceiro lugar, porque os dois primeiros parece que já têm donos”, comentou Ingo.  Assim, a dupla que ocupava a terceira posição na classificação, caiu para 5º. Lugar. Atrás dos dois Ford GT, estão dois Viper, seguidos pelo Lamborghini de Ingo/Boni.

A próxima etapa está marcada para 16 de novembro, em Curitiba. Esse ano, com a chegada dos Ford GT, das 12 corridas realizadas até agora, os bólidos norte-americanos venceram 8, contra 2 do Lambo e 2 do Viper. Ingo/Boni venceu uma corrida, na 4ª. etapa em SP.