Inglaterra: Brasileiro Victor Corrêa vence Quarta-de-Final no Mundial de Fórmula Ford

18 de outubro de 2008

O Brasil continua na frente no tradicional Mundial de Fórmula Ford. O brasileiro Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power/Cooparaiso) venceu neste sábado (18) a primeira quarta-de-final do campeonato que reúne os principais nomes da categoria em todo o mundo. “Foi muito bom, estou feliz com o resultado e o andamento das coisas. Uma vitória no campeonato mundial foi importante para mostrar que estou competitivo”, afirma o único representante da América do Sul, que faz sua primeira temporada no automobilismo europeu. A semi-final e a corrida final acontecem domingo (19/10) no renomado Autódromo de Brands Hatch, na Inglaterra.

O mineiro Victor Corrêa aproveitou muito bem a sua pole position para liderar de ponta a ponta a quarta-de-final, aumentando aos poucos a sua vantagem sobre os demais pilotos de dez nacionalidades diferentes. “Pulei bem e já abri na largada. Fiquei mantendo a vantagem, tirava o pé quando tinha bandeira amarela e voltava a apertar quando estava tudo liberado. Fui administrando”, contou o representante de Alfenas, sul de Minas Gerais, que venceu com a vantagem de 1s050 sobre o holandês Rogier de Vit. A outra semi-final teve como vencedor o também holandês Chris Maliepaard.

Com o ótimo resultado conquistado, Victor Corrêa levará vantagem na semi-final largando da pole position no circuito de apenas 1.929 metros. “Vou tentar largar bem e liderar novamente, porque a pista é pequena e de difícil ultrapassagem. Um segundo de vantagem aqui é enorme”, planeja o piloto da Unifenas/Flash Power/Cooparaiso.

Com a pole position e vitória na primeira das três corridas em que se define o título mundial, Victor Corrêa está se consolidando como um dos favoritos naturais a vencer o tradicional torneio que acontece anualmente desde 1972. Trinta e cinco pilotos de onze nacionalidades diferentes já levaram o título para casa, incluindo os brasileiros Chico Serra (1977), Roberto Pupo Moreno (1980) e Niko Palhares (1989). Nada menos do que 14 campeões do Festival Mundial chegaram à F1. Além de Moreno e Serra, a lista inclui nomes como Johnny Herbert, Eddie Irvine, Mark Webber e Jenson Button, entre outros.