Barrichello e Button elogiam Interlagos

27 de outubro de 2008

Foto:www.formula1.com

Palco do Grande Prêmio Brasil de Fórmula Um, Interlagos é para muitos pilotos uma das pistas mais desafiadoras do calendário. A corrida ocorre em sentido anti-horário, exigindo maior esforço dos músculos do pescoço, mais acostumado com as provas em sentido horário.

Um dos pilotos que gosta de pilotar no Brasil é Jenson Button, da Honda. Para o britânico “São Paulo é um fantástico, o ideal para o final do campeonato de Fórmula Um. Essa é uma cidade que tem vida. Há sempre uma boa atmosfera em Interlagos. O circuito é um desafio, mas ao mesmo tempo é agradável e excitante. Embora o ano de 2008 não tenha sido bom para a equipe nós daremos tudo para terminar a temporada da melhor forma possível”, assegurou Button.

Para seu companheiro de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello, o GP do Brasil tem algo mais que especial, não só por tratar-se de seu país, mas por ter sido em Interlagos que Rubens aprendeu a pilotar. “Interlagos foi sempre muito especial a mim. Não apenas porque é minha terra, mas porque tem um traçado desafiante como a Curva do Laranjinha. O desafio principal em Interlagos é encontrar o melhor acerto para a combinar os trechos rápidos e lentos. Você precisa ter a confiança total em seu carro”, afirmou Rubinho, que pode estar fazendo seu último Grande Prêmio pela Honda.

Esta semana mais uma informação foi levantada quanto à permanência de Barrichello na Categoria. Deixando a Honda o brasileiro pode ter um lugar na Toro Rosso.

Com informações do site oficial da categoria – www.formula1.com