Super GT: João Paulo de Oliveira vai buscar a vitória na última etapa

6 de novembro de 2008

Foto:Divulgação

A temporada 2008 do campeonato japonês de Super GT, principal certame de carros esportivos do Oriente, se encerra neste domingo (09/11) no autódromo de Fuji, o mesmo que recebe o GP do Japão de Fórmula 1. O brasileiro João Paulo de Oliveira está confiante para a corrida final do ano. “A expectativa é muito boa. Fui o mais rápido no último teste oficial e espero fechar o ano com uma ótima corrida”, conta o piloto oficial da Nissan, que tem uma vitória na temporada, conquistada em Sepang, na Malásia. A corrida será válida pela nona etapa do campeonato.

Além de ter sido o mais rápido nos treinos coletivos, João Paulo tem mais um trunfo. Devido às regras que beneficiam ou prejudicam os pilotos de acordo com seu desempenho na competição, o brasileiro está agora com 50 kg a menos de lastro em seu GT-R. “O carro mais leve ajuda na manutenção dos pneus durante a corrida. Fica mais fácil de administrar o gasto dos compostos”, explica. Ele também conta com o bom desempenho que teve na primeira vez que competiu na pista em 2008, na terceira etapa do ano. “Naquela corrida eu era o melhor Nissan, quando tivemos a infelicidade de ter um pneu estourado”, lembra.

A maior preocupação de João Paulo é com as condições de tempo em Fuji, devido ao comportamento de seus pneus Yokohama. “Se chover não existe a mais remota chance de vencermos. E se a temperatura estiver muito baixa, também afeta o rendimento”, conta. Mas mesmo não tendo o melhor equipamento para as características do circuito, cuja reta dos boxes tem mais de 1 km , o brasileiro não perde o otimismo. “A pista favorece um pouco a Toyota, pois o carro deles é um pouco mais rápido de reta. Porém, desta vez colocarei o GT-R na frente deles”, conclui JP, como ele é conhecido no Oriente.