Romancini espera evoluir na Stock

19 de novembro de 2008

Foto:Divulgaçãoi

Quinze dias depois de estrear na Stock Car, em Brasília (DF), o paulista Mario Romancini, de 20 anos, terá um caminho não mais suave, mas um pouco mais confortável para sua segunda participação na categoria, domingo (23), em Tarumã (RS). Diferente da primeira experiência, desta vez ele conhece não só o carro, mas também a pista. “Andei lá de F-3 e de F-Renault. Claro que as reações de um Stock Car são totalmente diferentes, mas ter andado no traçado, mesmo em outras categorias, é algo que pode ajudar”, afirma.

Antes da prova de estréia, o piloto havia testado apenas uma vez, em Londrina (PR). “Como consegui levar o carro até o final em Brasília, andando no ritmo do grupo que estava à minha frente, ganhei uma boa quilometragem e acredito que chego à Tarumã em melhores condições. Principalmente porque também corrigimos alguns problemas na parte técnica. A questão do motor, que não rendeu bem em Brasília, já foi solucionada”, revela Mario Romancini, que corre pela Hot Car, ao lado de Popó Bueno. O objetivo para a segunda corrida dele no campeonato, penúltima da temporada, é continuar a evolução apresentada em Brasília.