Superleague: Falta de rodas impede Pizzonia de levar o Corinthians a brigar pela pole em Jerez

22 de novembro de 2008

Um problema inusitado impediu o brasileiro Antonio Pizzonia de brigar neste sábado (22/11) pelo lugar de honra do grid de largada para a primeira prova da rodada dupla final da Superleague Formula, disputada no autódromo de Jerez, na Espanha. O titular do Corinthians no futebol sobre quatro rodas não pôde aproveitar todos os pneus novos disponíveis no treino classificatório devido às poucas rodas que a equipe levou para a corrida. “Nós temos apenas três jogos de roda e com isso ficou impossível aquecer propriamente todos os nossos pneus novos para a classificação. Ficamos em desvantagem em relação às outras equipes”, afirmou o piloto, que garantiu um lugar na quarta fila. As duas corridas da sexta etapa acontecem neste domingo (23/11), às 08h e às 11h, com transmissão ao vivo do Sportv.

Para esta última rodada do campeonato, a organização disponibilizou seis jogos de pneus novos para cada time. Mas como a equipe responsável técnica pelo carro corintiano não tem rodas suficientes, Pizzonia acabou prejudicado. “Os pneus demoram mais ou menos uma hora para aquecer. Deveríamos usar pelo menos um jogo de pneu novo em cada uma das cinco fases de classificação, mas como o espaço de tempo entre elas é curto, não dá para aquecer propriamente os compostos antes de ir para a pista”, explicou.