Pizzonia contente com temporada bastante intensa em 2008

9 de dezembro de 2008

Stock Car - Foto:Luca Bassani

Turismo, monopostos e kart. Em 2008, o amazonense Antonio Pizzonia competiu de praticamente todas as formas que existem no automobilismo. Ele disputou as temporadas da Stock Car e da Superleague Formula, a última prova da história da Champ Car, as 500 Milhas da Granja Viana e o Desafio das Estrelas. “Foi um ano bastante intenso e muito bom. O que eu mais gosto de fazer na vida é correr de carro. Nessa temporada eu aprendi muito, me diverti bastante e ainda tive tempo para conviver e confraternizar com meus amigos e companheiros de profissão”, conta.

Superleague - Foto: Jorge Andreu

Um dos maiores desafios de Pizzonia este ano foi pilotar para o time do Corinthians na novíssima Superleague Formula, categoria de monopostos que une a paixão mundial do futebol com a fascinação e velocidade do automobilismo.

Champ Car - Foto: Divulgação

Pizzonia também participou de uma corrida histórica. Ele alinhou para a última etapa da história da Champ Car, no circuito de rua de Long Beach, na costa oeste dos Estados Unidos. “Foi bem legal e complicado também. Apesar de eu não conhecer o carro e não ter treinado, eu gosto muito da pista e a experiência foi muito boa”, diz. Apesar de ter tido muitos problemas durante o fim de semana, ele registrou a volta mais rápida da corrida.

Foto: Luca Bassani

E assim como no ano passado, o amazonense integrou e venceu com a equipe de Rubens Barrichello e Tony Kanaan a tradicional prova 500 Milhas Granja Viana, a corrida de gala do kartismo nacional, e uma das mais famosas do mundo. “Na Granja Viana fomos bem e o time repetiu o título de 2007.