Super Fórmula 2.0: Sara Sanchez foi atração nos testes em Interlagos

11 de dezembro de 2008

Foto:Divulgação

Nos primeiros testes coletivos da Super Fórmula 2.0, realizados quarta e quinta-feiras (10 e 11/12) no autódromo de Interlagos, em São Paulo , a grande atração foi a participação da paranaense Sara Sanchez, que este ano competiu de Fórmula Chevrolet no Uruguai. “Gostei de tudo, do circuito, do carro e das pessoas envolvidas. Vou estudar a possibilidade de correr na categoria em 2009” , elogiou a jovem de 21 anos de idade, que teve sua primeira experiência com carros no Brasil.

Idealizador e promotor da Super Fórmula 2.0, o empresário e ex-piloto José Eduardo Ávila ficou bastante satisfeito com a participação inicial de cinco carros das equipes Comtec Motorsport, Bassani Racing, PropCar Racing e Fragnani Competições nos treinos coletivos visando a temporada 2009. “Como primeiro passo, foi legal. A categoria veio para ficar, é uma excelente opção de Fórmula para o próximo ano. As outras equipes que tem carros da Fórmula Renault podem vir, pois as novidades serão grandes”, avisa o titular da Medrar.

Foto: Divulgação

Como única mulher no circuito de Interlagos, Sara Sanchez foi observada por todos, e saiu deslumbrada do monoposto da Comtec Motorsport. “O circuito é legal, bem diferente e melhor dos que eu conheci no Uruguai e Argentina”, citou os países onde já competiu de carro. “Já o carro é muito bom, nada a ver com o que eu conheço”, comparou com o Fórmula Chevrolet uruguaio. “O motor, câmbio, direção, chassi, tudo é muito bom e moderno”, avaliou. Treinaram também os pilotos Daniel Politzer, Nelson Merlo, Wilson Lázaro Jr e Marcelo Sant’Anna.

Em 2009 a Super Fórmula 2.0 terá 10 provas dentro do calendário do Campeonato Paulista de Velocidade no Asfalto, organizado pela FASP (Federação de Automobilismo de São Paulo) e seus clubes federados e com promoção da Medrar. O pacote técnico da nova categoria conta os carros da antiga Fórmula Renault brasileira, com motores 2.0 que atingem até 190 hp, câmbio seqüencial, chassi Tatuus com monocoque em fibra de carbono e pneus Pirelli, além de utilizar o álcool como combustível.