Bólidos mais rápidos que carros da F-1 vão acelerar no Festival de Arranca

12 de dezembro de 2008

Foto: Filipe Sturion

Uma das atrações do 15º Festival Força Livre de Arrancada que começou nesta quinta-feira e vai até domingo no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais é a presença dos dragsters, bólidos construídos especialmente para o esporte arrancada que atingem mais de 400 km/h, fazendo o percurso de 402 metros em menos de seis segundos. Essas “supermáquinas” movidas a metanol e nitro metano andam de 0 a 100 km/h em menos de 1 segundo. Para efeito de comparação, os carros da Fórmula 1, que utilizam gasolina de competição, atingem velocidade máxima de 336 km/h e fazem de 0 a 100 km/h em 2,3 segundos, já os da Stock Car, movidos a álcool, chegam a 260 km/h e fazem de 0 a 100 km/h em 4,0 segundos.

O favorito para vencer na categoria mais veloz, a Dragster Motor Traseiro, é Sidney “Grandão” Filho (foto), atual recordista no Autódromo de Curitiba, com o tempo de 5s901 em 402 metros . Ele faz parte da família mais rápida do Brasil. Sua esposa, a piloto Daniela Frigo também comanda um dragster e até o filho Lucas Frigo, de apenas cinco anos, pode estrear um Dragster Júnior durante o Festival.