Direção da Honda afirma: "Não há comprador sério"

23 de fevereiro de 2009

Arte sobre foto da FIA

A venda do espólio da equipe Honda dew Fórmula 1 atravessa mais outro terreno difícil. Seria hoje, segunda-feira (23) a data limite que a direção do time nipônico teria dado aos interessados em adquirir a escuderia. Durante coletiva à imprensa, Takeo Fukui, um dos dirigentes da montadora japonesa informou que a busca por um comprador “sério” ainda continua e que nenhum daqueles que apresentara proposta daria garantias para concretização da venda.