Felipe Giaffone vence a F-Truck em Guaporé

8 de março de 2009

Foto:Orlei Silva

Felipe Giaffone (Volkswagen) venceu neste domingo a 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck – GP Vipal -, no Autódromo Internacional Vitacir Paludo em Guaporé, RS. Giaffone venceu de ponta a ponta, seguido de perto por Roberval Andrade (Scania) e na segunda metade da prova, pelo seu companheiro de equipe Renato Martins (Volkswagen).

Na largada Roberval Andrade assumiu espetacularmente a segunda posição de Valmir Benavides (Volkswagen) em uma manobra pela grama. A disputa na ponta continuou com Felipe Giaffone liderando, Roberval Andrade em segundo, Valmir Benavides em terceiro e uma particular briga entre Wellington Cirino (Mercedes-Benz), Renato Martins e Djalma Fogaça (Ford) pela quarta posição.

Foto:Orlei Silva

Na 11ª volta, Vinicius Ramires fez o S do final do circuito com seu Mercedes-Benz em chamas. O piloto conseguiu sair, mas a distância da equipe de resgate posicionado nos boxes e o percurso de 3.000 metros até o local do acidente, resultaram em um atraso e o incêndio que consumiu o caminhão de Vinicius Ramires. Fecharam a bandeirada programada para um terço da corrida, Felipe Giaffone em primeiro, seguido de Roberval Andrade, Renato Martins, Valmir Benavides e Wellington Cirino. Na relargada da segunda parte da corrida, Renato Martins conseguiu enfim, tomar a vice-liderança de Roberval Andrade “Foi um páreo duro, mas o Roberval sabia que eu estava mais rápido”, contou Martins na coletiva de imprensa. Na 16ª volta, Cirino entrou nos boxes com problemas no sistema de resfriamento do motor. Tentou voltar depois de um rápido reparo, mas abandonou definitivamente na volta seguinte. Herdou sua posição, o piloto da Ford Djalma Fogaça, que se manteve em quinto para subir ao pódio. Emocionado Fogaça mais uma vez falou de seu último ano no automobilismo e sem perder o jeito de falar sem meias palavras, criticou bastante Wellington Cirino que segundo ele, guia olhando no espelho retrovisor dificultando ser ultrapassado. “Acho que o Cirino deveria ser punido pela direção de prova”, disparou Djalma Fogaça.

Mais dois acidentes fortes foram registrados na prova de Guaporé, com Danilo Dirani e Débora Rodrigues no mesmo ponto da pista, saída da curva do radiador e também pelo mesmo motivo, estouro do pneu dianteiro. Além do calor excessivo, estava visível a má condição do asfalto do circuito de Guaporé. “Eu não corro mais aqui, se não arrumarem esse asfalto”, declarou Débora Rodrigues, que escapou ilesa de um acidente com imagens impressionante mostrado pela TV.

Confira a Classificação dos 10 mais bem colocados da prova e do campeonato: 1-Felipe Giaffone, Volks, 31 voltas em 1h01min23s202; 2-Renato Martins, Volks, a 0s526; 3-Roberval Andrade, Scania, a 1s882; 4-Valmir Benavides, Volks, a 4s603; 5-Djalma Fogaça, Ford, a 14s154; 6-Geraldo Piquet, Mercedes-Benz, a 16s550; 7-Beto Monteiro, Iveco, a 19s506; 8-Vignaldo Fizio, Mercedes-Benz, a 35s630; 9-José Cangueiro, Mercedes-Benz, a 37s184; 10-Pedro Muffato, Scania, a 38s904.

A segunda etapa do Brasileiro de F-Truck está marcada para o dia 26 de abril no Autódromo Internacional Virgílio Távora, em Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, Ceará.