Ford Racing Trucks conquistou o prêmio de melhor equipe do fim de semana

8 de março de 2009

Foto:Orlei Silva

Apresentando um bom desempenho durante toda a prova, o sorocabano Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks) terminou em quinto lugar na abertura da temporada de 2009 da Fórmula Truck, disputada neste domingo (08/03), no Autódromo de Guaporé (RS). “O caminhão estava muito bom e eu perdi a corrida por causa do problema com o trambulador da alavanca de câmbio na classificação”, explica o piloto, que foi o segundo mais rápido na definição do grid, mas não pôde participar do Top Qualifying em virtude desta falha mecânica, e largou em oitavo. A vitória foi de Felipe Giaffone (Volkswagen), que com o resultado assumiu a liderança da categoria mais popular do automobilismo brasileiro.

Após uma largada segura e com um rendimento muito bom de seu Ford Cargo, Djalma Fogaça manteve a oitava posição ao final da primeira passagem e em poucas voltas já ocupava a sexta colocação. Após ultrapassar Geraldo Piquet (Mercedes), o titular da DF Motorsport travou por 13 voltas um duelo com o atual campeão Wellington Cirino (Mercedes) pela quinta colocação. “Se eu tivesse largado na frente do Cirino eu teria vencido a corrida. Hoje eu estava com um equipamento vencedor nas mãos”, explica.

Após a ultrapassagem, na volta 18, Fogaça estava distante dos ponteiros e manteve o quinto lugar até a bandeira quadriculada. “Aí não tinha mais como eu vencer a prova. Perdi muito tempo atrás do Cirino e quando tive pista livre não tinha mais como recuperar o tempo perdido. Mas o caminhão estava rápido e poderia me dar a vitória”, afirma. Prova disso é que o sorocabano registrou a segunda volta mais rápida da corrida, na volta de número 2, com 1min29s887. Ele foi apenas 43 milésimos de segundo mais lento da melhor passagem, registrada por que Roberto Martins (Volkswagen).

Foto: Divulgação

Em sua estréia pela Ford Racing Trucks, o paulista Urubatan Helou Jr. correu com o caminhão reserva e cruzou a linha de chegada na 12ª colocação. Ele largou em 22º e fez uma prova cautelosa, visando terminar a prova e somar pontos. “Para a Ford foi excelente colocar os dois caminhões na zona de pontuação”, conta.

Helou destaca ainda mais essa conquista, pois ele competiu com um caminhão boneca, de exposição, que foi transformado em caminhão de corrida entre o sábado e a corrida de domingo. Por todo o trabalho realizado e pelos resultados alcançados, a Ford Racing Trucks ganhou o prêmio de melhor equipe do fim de semana.