Toyota reitera compromisso de ficar na F-1 até 2012

12 de março de 2009

Durante a temporada passada, a Honda apareceu freqüentemente nos noticiários esportivos devido à decisão de abandonar a Fórmula 1 em virtude da crise econômica mundial. Naturalmente, surgem especulações sobre outras montadoras que poderiam abandonar a categoria pelo mesmo motivo. Entre elas, a Toyota.

No entanto, o presidente da Toyota, o britânico John Howett, reitera o compromisso de permanecer na F-1 até 2012, no mínimo. “Dizem que vamos recuar se não ganharmos. Mas, quando você olha para o clima econômico geral, todas as equipes têm que proceder com cautela. E todas devem ser bem sucedidas, o que também as coloca sob pressão”, avaliou. Mesmo com as pressões externas, Howett aposta em sua equipe. “Temos de dar retorno à equipe. Mas estou confiante: se fizermos uma boa temporada, nós ficamos”, ponderou.

Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto