McLaren admite que novo carro não é rápido o bastante

13 de março de 2009

O novo chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, admitiu publicamente que o MP4-24, novo carro da equipe, não está tão competitivo quanto a escuderia esperava que ele estivesse neste período da pré-temporada. Nos últimos testes, o time nem chegou perto da liderança, o que pode ser um sinal de que a McLaren enfrenta problemas. Nesta sexta-feira, Whitmarsh confirmou a situação e disse que a equipe terá muito trabalho para reverte-la. “O primeiro teste do MP4-24 correu como nós esperávamos, mas nesta semana corremos com um novo pacote aerodinâmico e a performance ficou aquém do esperado. Isto significa que temos que trabalhar duro”.

Recentemente, o diretor da Mercedes-Benz, Nobert Haug, disse que os problemas necessitarão de tempo para serem resolvidos. “Definitivamente nós não estamos onde gostaríamos de estar. Vamos continuar com a programação de testes, mas levará tempo para melhorar”. Entretanto, Whitmarsh acredita que os problemas serão todos solucionados. “Inevitavelmente, na Fórmula 1 do século XXI a aerodinâmica dita se um carro andará na frente ou não. Este parece ser o problema do MP4-24, mas os engenheiros da categoria podem fazer grandes coisas quando estão sobre pressão”.

Fonte: F-1 na Web – Lucas Martins