Novas regras teriam mudado a história de 12 temporadas da F-1

17 de março de 2009

O novo sistema de pontuação da Fórmula 1, que levaria em conta o números de vitórias e não a pontuação, teria modificado a história da categoria em 13 edições do mundial de Fórmula 1. Os cálculos foram feitos pela própria FIA e publicados em seu site oficial. Confira o que mudaria:

1958 – Stirling Moss ao invés de Mike Hawthorn
1964 – Jim Clark ao invés de John Surtees
1967 – Jim Clark ao invés de Enny Hulme
1977 – Mario Andretti ao invés de Niki Lauda
1979 – Alan Jones ao invés de Jody Scheckter
1982 – Didier Pironi ao invés de Keke Rosberg
1983 – Alain Prost ao invés de Nelson Piquet
1984 – Alain Prost ao invés de Niki Lauda
1986 – Nigel Mansell ao invés de Alain Prost
1987 – Nigel Mansell ao invés de Nelson Piquet
1989 – Ayrton Senna ao invés de Alain Prost
2008- Felipe Massa ao invés de Lewis Hamilton

Confira como ficaria os pilotos por número de títulos:

Michael Schumacher 7 (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004)
Juan Manuel Fangio 5 (1951, 2954, 1955, 1956 e 1957)
Alain Prost 4 (1983, 1984, 1985 e 1993)
Jim Clark 4 (1963, 1964, 1965 e 1967)
Ayrton Senna 4 (1988, 1989, 1990 e 1991)
Jack Brabham 3 (1959, 196, 1966)
Jackie Stewart 3 (1969, 1971 e 1973)
Nigel Mansell 3 (1986, 1987 e 1992)

Fonte: F-1 na Web – Gabriel Codas