Especial Fórmula 1: Brawn – Do caos à empolgação

25 de março de 2009


Fonte: F-1 na Web – Marcus Wagner

Sob o comando de Ross Brawn, a estreante é a equipe mais badalada da pré-temporada. O time inglês herdou o espólio da ex-Honda e, com pouquíssimo tempo para treinar e desenvolver o carro, conseguiu superar seus rivais nos testes em Jerez de la Frontera e surpreendeu a todos.

A equipe utiliza motores Mercedes e tem tido desempenho muito superior ao da escuderia oficial da montadora alemã, a McLaren, com toda a sua experiência e títulos.

Rubens Barrichello está empolgado com a chance de poder continuar guiando e com a confiança depositada por Ross Brawn. O brasileiro que era dado como carta fora do baralho, agora tem a chance de mostrar que ainda está em forma e pode ser competitivo.

O brasileiro, que chegou a ser vice-campeão mundial em duas oportunidades (2002 e 2004), agora acredita que tem novamente chances de brigar pelo título, empolgado pelos bons resultados conquistados nos testes da Espanha.

O companheiro de Rubens continua sendo o britânico Jenson Button, que foi um dos mais rápidos em Jerez. O piloto tem a torcida do todo poderoso Bernie Ecclestone, que o aponta como um dos prováveis campeões da temporada de 2009.

Na Fórmula 1 desde 2000, Jenson Alexander Lyons Button tem como melhor posição final no campeonato o terceiro lugar em 2004, pela BAR. “Todo o esforço valeu a pena e todos podem se sentir orgulhosos”, disse o piloto s respeito do desempenho da equipe.