Campo Grande se movimenta para receber a Copa Nextel Stock Car em 2009

31 de março de 2009

O retorno de Campo Grande (MS) ao calendário oficial da Copa Nextel Stock Car pode acontecer ainda em 2009. Na manhã desta terça-feira, o diretor-presidente da Vicar, Carlos Alberto Col, visitou a cidade e esteve reunido com o governador André Puccinelli e o prefeito Nelson Trad Filho para falar sobre as reformas necessárias no circuito sul-mato-grossense. Clayton Pinteiro, presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e Waldemir Dias Terra, presidente da FAMS (Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul) tiveram participação importante no encontro.

Entre as obras necessárias estão o recapeamento da pista, reformas na torre de controle, instalação de portas nos 28 boxes (entrada e saída) e aumento da curvatura do “cotovelo” para melhorar a segurança dos pilotos e diminuir o desgaste excessivo dos pneus. “Após a prova do não passado, destacamos a necessidade de reforma do asfalto e outras pequenas obras para o retorno da categoria ao Mato Grosso do Sul e mais especificamente à Campo Grande. Na reunião de hoje, tanto o governador quanto o prefeito se comprometeram a realizar estas obras em até 75 dias. Gostei da reação imediata de ambos e acredito que estejamos em um bom caminho para que tudo se resolva de maneira positiva e possamos ter a Stock Car ainda neste ano”, afirmou Col.

Desde a inauguração, em 2001, Campo Grande recebeu por seis anos consecutivos etapas da Stock Car. O circuito, sentido anti-horário, tem 3.433 metros de extensão, três curvas para direita e seis para o lado esquerdo e dispõe de uma das maiores retas do Brasil, com 960 metros. A parte de infra-estrutura conta com 28 boxes, 25 camarotes e uma sala VIP. Há quatro entradas para o estacionamento, cuja capacidade é para quatro mil veículos. Já o acesso do público às arquibancadas é feito por três entradas.