Nelsinho: “Não havia nada para ser feito naquelas condições”

5 de abril de 2009

O final de semana de Nelsinho Piquet, da Renault, mais uma vez não foi nada bom. O brasileiro teve dificuldades no treino de classificação e não avançou para o Q2. Na corrida, ele fazia uma prova razoável, até que ela foi interrompida, quando ocupava a 13ª colocação. “Mesmo antes da bandeira vermelha era impossível pilotar, estava realmente muito difícil manter o carro na pista. A decisão de interromper foi correta, já que nada poderia ser feito naquelas condições”, disse Nelsinho.

Sobre o desempenho do carro, Nelsinho explicou que ele se comportava bem, apesar da falta de aderência. “Aprendemos muito neste final de semana e agora vamos nos preparar para a próxima corrida”, concluiu.

Fonte: F-1 na Web – Gabriel Codas/Foto:Divulgação