Agora é tarde

7 de abril de 2009

Após duas corridas, duas poles e duas vitórias, a equipe Brawn causou os mais variados sentimentos na Fórmula 1. Além de seus adversários, agora a Honda teria alegado estar frustrada com a saída da categoria. Ross Brawn, agora dono da equipe, diz manter contato com dirigentes da montadora japonesa que gostariam muito de estar participando deste momento. “Eles estão frustrados porque obviamente a equipe foi para frente, mas isso [o abandono] era necessário para o negócio deles”.  Outro que aproveitou para analisar a situação foi Bernie Ecclestone que afirmou que faltou um olhar crítico melhor aos dirigentes da montadora.

Fonte: F-1 na Web – Marcus Wagner