Novidades agitam etapa cearense da F-Truck

17 de abril de 2009

A Fórmula Truck atravessa o país saindo de Guaporé, no Rio Grande do Sul, onde fez a primeira etapa de 2009 e segue para o Eusébio, no Ceará, localizada a 18 km de Fortaleza, no nordeste do país, para a segunda prova do ano. Serão mais de cinco mil quilômetros percorridos com aproximadamente 80 carretas que já saíram na semana passada de várias partes do país, levando a maior estrutura de um evento automobilístico no Brasil.
No dia 26 de abril, a F-Truck abre a fase nordestina que será completa com a prova de Caruaru, em Pernambuco, no dia 17 de maio – sendo a única competição brasileira que corre em seis estados brasileiros além do Distrito Federal.

A etapa cearense traz boas novidades da temporada atual, além de ser a prova em que as equipes vêm com seus caminhões muito mais acertados do que na etapa de estréia. Muitos acertos ficam por fazer, por falta de tempo ou mesmo por falta de ensaios com os novos componentes constantemente desenvolvidos pelos dedicados mecânicos e engenheiros das equipes. “Estamos sempre atrás de novos acertos e para isso mantenho em minha equipe, profissionais competentes. Só consegue ficar na briga quem tem gente muito boa”, afirma Roberval Andrade, campeão em 2002 e mais cinco vezes colocado entre os cinco primeiros no campeonato.   

Quatro novidades chamam a atenção para a prova de Fortaleza. A primeira é a estréia da sétima marca de caminhão na categoria multi marcas que mais deu certo no Brasil: a MAN, montadora alemã que chega com um caminhão inscrito na F-Truck brasileira pelo piloto austríaco Eggon Allgauer. O caminhão número 8 chegou a andar nos treinos livres de Guaporé, mas com um problema de estrutura na primeira vez que entrou na pista, nem participou do grid de largada. “Estou ansioso por essa estréia em Fortaleza”, conta o boa gente Eggon Allgauer, campeão da Super Truck européia em 2002 e um grande apaixonado pela F-Truck brasileira. Há duas semanas dois engenheiros alemães estiveram na sede da ABF, em Santos, para a troca do novo motor que veio da Alemanha com segredos e mais segredos. “Ninguém podia chegar perto enquanto os engenheiros faziam os acertos da parte eletrônica”, conta um dos mecânicos que fazem a assistência de pista do novo F-Truck MAN.
Outra grande novidade para a temporada de 2009 é a estréia do piloto paranaense Leandro Totti. Ele correrá com um caminhão Ford Cargo que foi totalmente refeito depois que a Londrina Truck Racing desistiu de participar do campeonato nessa temporada. A terceira novidade bate com a expectativa do torcedor nordestino. O único piloto da região, Beto Monteiro, de Pernambuco, estréia este ano na nova equipe Scuderia Iveco. Monteiro já teve experiência de quatro marcas na F-Truck e foi campeão em 2004, tendo como companheiro de equipe Ford Djalma Fogaça, que este ano leva o nome de Ford Racing Truck em sua equipe. Na estréia em Guaporé, Beto Monteiro com o Iveco, já conseguiu a sétima posição na corrida, muito comemorada pela equipe, que vê 2009 como um ano de ótimos resultados para a marca.