Vettel ressalta dificuldade de guiar na pista molhada

19 de abril de 2009

Existe algo que tem se tornado quase um ritual na F-1: nas últimas cinco provas, incluindo a temporada passada, o pole position foi também o vencedor da corrida. Hoje, no GP da China e debaixo de forte chuva, Sebastien Vettel, da Red Bull, deu sequência a essa escrita e conquistou a segunda vitória em sua carreira.

“O carro foi fantástico e é extremamente importante dizer que a equipe foi muito, muito bem no trabalho de preparação do carro”, ressaltou Vettel. Apesar de liderar de ponto a ponta, o alemão lembra que a prova não foi nada fácil: “eu acho que tive melhores condições, já que não tinha nenhum carro a minha frente. Mas ainda assim era difícil controlar o carro devido à aquaplanagem, principalmente na última curva”, acrescentou.

Segundo o jovem piloto, ter conseguido controlar a atenção e a ansiedade foi fundamental para o resultado da corrida: “Com cerca de 10 voltas para o final, eu estava sempre tentando olhar a diferença para o carro de trás e adaptar o meu ritmo ao dele. Estava tentando ter tudo sob controle, mas isso é extremamente difícil”, admitiu.

Vettel revelou, ainda, que diminuiu o ritmo no final para evitar quaisquer erros: no GP da Austrália, o alemão se envolveu em um acidente com Robert Kubica, da BMW-Sauber, com apenas 3 voltas para o fim e acabou perdendo um pódio que era quase certo. “Nas últimas duas voltas eu tirei um pouco o pé, não queria correr o risco de sair da pista ou algo assim”, confessou.

Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto