Fórmula Truck: Sorocabano Djalma Fogaça confiante para a definição do grid em Fortaleza

24 de abril de 2009

Após os treinos livres que abriram na sexta-feira (24/04) as atividades para a segunda etapa da temporada 2009 da Fórmula Truck, o sorocabano Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks) segue confiante em conseguir uma boa posição de largada na curta ( 1.780 metros ) pista de Fortaleza (CE). “Estamos em um bom caminho. Só no treino classificatório é que teremos uma noção clara do desempenho real de cada caminhão”, afirma o piloto, sétimo colocado ao final do dia. O mais rápido foi o paulista Felipe Giaffone (Volks). A definição do grid acontece neste sábado, a partir das 14h30.

Apesar de saber o que precisa melhorar em seu Ford Cargo , o titular da DF Motorsport ressalta que em virtude do extremo equilíbrio da categoria, com sete marcas diferentes entre os dez mais rápidos, todos terão que redobrar o trabalho. “Temos que trabalhar bastante nesta noite para progredirmos da maneira que queremos”, avisa o competidor que ocupa a quinta colocação no campeonato. Djalma Fogaça ficou a apenas nove décimos do mais rápido, e sabe onde pode evoluir até a classificação. “Para amanhã vamos trocar a relação do câmbio e os amortecedores. O caminhão está muito duro”, explica o ‘Caipira Voador’.

O experiente sorocabano acredita que os dois treinos livres não servem muito como base para definir quem está melhor no fim de semana. “Na sexta-feira está todo mundo fazendo experiências, e não dá pra saber a que velocidade todos passaram pelo radar e o que fizeram, o que experimentaram”, conta. Na primeira sessão de treinos desta sexta-feira, ele foi o segundo mais rápido. “Mas as condições da pista estavam fora do normal, com uma parte molhada e a outra seca. Não serviu como parâmetro para nada”, afirma. O paulista Urubatan Helou Jr., companheiro de equipe de Fogaça, ficou na 18ª colocação, mas evoluiu bastante seus tempos no decorrer do dia. A corrida acontece domingo (26/04), a partir das 13h. A TV Bandeirantes mostra ao vivo para todo o Brasil. Foto:Orlei Silva