Chuva e percurso reduzido fazem parte do 1o. dia de Facco/Deusdará no RN1500

1 de maio de 2009

A expectativa para o primeiro dia de disputa era grande entre os 117 inscritos (47 motos, 30 quadriciclos e 40 carros) do RN1500 2009. Mas as fortes chuvas que vem atingindo Natal e as cidades do percurso fizeram com que a organização reduzisse drasticamente o trecho cronometrado desta primeira etapa e estragou a festa dos off-roaders.

Luiz Facco e Silvio Deusdará, da equipe Acelera Siriema, saíram de capital do Rio Grande do Norte rumo a Currais Novos preparados para enfrentar o terreno alagado e pisaram fundo. A dupla completou a primeira etapa e levou 30 minutos para percorrer o trecho cronometrado, terminando o dia na 11ª posição da categoria Super Production.

Seriam 120, depois 113 e por final 38 quilômetros apenas foram válidos como a especial do dia. A maior parte do que foi realizado durante o levantamento das especiais foi destruída pela chuva e as equipes obrigadas a se deslocar até pontos mais seguros. A largada para os carros estava prevista para o meio-dia, mas começou somente a partir das 16h.

Segundo relata o piloto paulista durante o tempo que percorreram a especial não choveu, mas bastou terminar o trecho que a água voltou a cair novamente. “Esperávamos um dia de fortes emoções, mas tivemos apenas um gostinho do que será o RN. Hoje o que prevaleceu foi a erosão e pedras, era quase um trial e com trechos de serra. Estávamos indo bem e mantendo o ritmo até a turbina estourar faltando 13 quilômetros para o final. Mesmo assim, completamos a especial”, explica Facco.

No entanto, este incidente não abateu a dupla que está satisfeita por completar a primeira das quatro etapas do certame que valem pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. “Sabíamos que seria uma prova técnica com muita variação de terrenos agora vamos aguardar os próximos dias. A planilha é muito boa, onde está marcado 3 curecas, são três mesmo, onde está marcado duas são mesmo e se assim permanecer, nosso trabalho está garantido”, diz o navegador cearense. Foto:Doni Castilho