Treino da stock marcado por equilíbrio

2 de maio de 2009

Assim como previam os pilotos, o treino classificatório em Brasília foi marcado pelo forte equilíbrio, com 30 carros dentro do mesmo segundo. Em uma sessão tão competitiva assim, qualquer detalhe pode ser decisivo – e, no treino disputado neste sábado, o tráfego nos minutos finais acabou atrapalhando alguns pilotos, como Thiago Marques (Alpina-Mio-Tek Bond). O paranaense da equipe JF Racing vinha em sua melhor volta no treino classificatório, com as duas das três parciais indicando que ele se classificaria entre os 15 primeiros que passam para a segunda parte do treino, o chamado Q2. Mas, na última curva, Thiago foi atrapalhado por um carro que vinha lento e, com isso, vai largar na 19ª colocação, com o tempo de 59s681.

“O treino não foi ruim, pelo contrário, tinha tudo para ser o melhor do ano. Pelos tempos das parciais, daria tranquilamente para ficar entre os dez primeiros, não fosse o problema com o tráfego”, explica Thiago Marques, que não entrou na segunda classificação por menos de um décimo de segundo.

A temperatura da pista, que subiu consideravelmente desde os treinos livres da véspera, realizados com tempo nublado e por vezes até com chuva, não ajudou em nada o planejamento de Marcos Gomes, piloto da Dolly-Action Power. Ele ficou com o 13º lugar no treino classificatório disputado com sol forte e asfalto quente. “Com o aumento da temperatura, parece que o carro andou um pouco para trás, não estávamos com as condições ideais”, lamentou o piloto, que esteve sempre entre os cinco mais velozes da sexta-feira (1). “A idéia era entrar na terceira parte da classificação, não foi como nós esperávamos, mas não estamos longe. Largando na posição que conseguimos, dá para pensar em fazer uma boa corrida”, contou.

Após enfrentar problemas com seu carro, Popó Bueno, piloto da equipe São Luiz-Hot Car larga na 31ª colocação. Para ele uma prova bastante movimentada seria ideal para quem não conseguiu um bom lugar no grid de largada a de reverter a sorte na corrida. “Torço por uma corrida cheia de alternativas amanhã. Uma prova com mudanças de clima, quem sabe com início na chuva e depois secando, enfim, quem larga lá atrás tem que torcer por uma prova bastante movimentada, que permita estratégias ousadas”, diz Popó Bueno.

A terceira etapa da Stock Car, que será transmitida ao vivo pelo site globoesporte.com e terá seus momentos finais exibidos pela TV Globo, tem início marcado para 11h. Fotos:Fábio Oliveira/Luca Bassani/Carsten Horst.