GP2: Álvaro Parente termina fora da pontuação

10 de maio de 2009

Depois de um sábado sem pontuar o piloto lusitano Álvaro Parente conseguiu terminar a prova, deste domingo, no décimo primeiro posto. A idéia era marcar pontos, mas o acidente do dia anterior, com o brasileiro Luca Di Grassi, causou uma luxação em um dedo de uma mão, complicando a vida no cockpit do seu Dallara Renault.

A corrida disputada esta manhã no Circuit de Catalunya, em Barcelona, até começou bem para o português, que terminou a primeira volta no décimo terceiro posto, mas a sua recuperação não iria muito mais além. Álvaro Parente tentou pressionar de todas as formas Diego Nunes e Lucas di Grassi, mas os brasileiros defenderam-se sempre muito bem, não cedendo aos intentos do jovem português. “Tudo tentei para passar os pilotos que estavam à minha frente, mas faltava-me um pouco velocidade para concretizar a ultrapassagem. Acabei rodando, o que comprometeu o resto da corrida”, reconheceu.