Copa Troller Nordeste: disputa acirrada na abertura em Fortaleza

18 de maio de 2009

 Cenários belíssimos, percurso técnico, variedade de terreno e disputa acirrada foram os destaques da etapa de abertura da Copa Troller Nordeste. No último sábado, 65 duplas de cinco estados, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e Paraíba, deram início à caminhada pelo título de uma das mais importantes competições do gênero feitas no país. Ao final, potiguares, pernambucanos e cearenses dividiram os topos do pódio da etapa que abriu o campeonato, que tem homologação da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Na categoria Graduados, vitória de Jefferson Barbalho e Flávio França, do Rio Grande do Norte; já na categoria Turismo, os pernambucanos Ciro Jucá de Oliveira e Luan Duarte levaram a melhor. Na Expedition, o topo do pódio ficou com os representantes locais, os cearenses Bruno Melo e Leonardo Oliveira, o mesmo acontecendo na categoria Amigos, com a dupla Stelio Girao e Ricardo Chaves.

A Copa Troller Nordeste realizou sua etapa de abertura da temporada 2009 no último sábado e com muita disputa pelas trilhas do Ceará. Foram 181 quilômetros de rali pela região do Aquiraz, Porto das Dunas, Iguape e Pindoretama, litoral leste do estado, que tornaram a prova repleta de emoção. O sol forte, característico dos finais de semana cearenses esteve presente e, mesmo assim, entre os desafios do trecho a presença de água e lama de sobra dificultou a vida dos competidores, além dos trechos de dunas e areias. A beleza da região pôde ser vista e apreciada, mas seus obstáculos foram fundamentais para determinar o resultado da etapa.

No rali de regularidade, vence quem cumpre todo o trajeto estipulado no tempo pré-estabelecido para cada carro na competição. Para garantir uma avaliação perfeita do desempenho das duplas, cada carro recebe um rastreador, que marca a hora exata de passagem em cada posto de controle. Ao todo, 95 postos de controle foram avaliados e para os competidores a novidade do PC virtual só aumentou a disputa na trilha. Por lá cearenses, potiguares, baianos e pernambucanos travaram uma luta de gigantes em busca da vitória, mas quem levou a melhor na categoria graduados foi a dupla do Rio Grande do Norte, Jefersson Barbalho/ Flávio Marinho.

Na categoria Turismo a vitória foi pernambucana, com Ciro Jucá de Oliveira/ Luan Duarte em primeiro. Na Expedition, vitória cearense, Bruno Mello/ Leonardo Oliveira trocaram de banco e estrearam na funções de piloto e navegador nesta prova, o resultado comprovou que Bruno pilotando é melhor que navegando e que Leo Oliveira é bom mesmo na arte de navegar. Fotos:Donizete Castilho.