Fórmula 1 pode ter mais quatro equipes em 2010

20 de maio de 2009

A informação foi publicada na revista inglesa Autosport. Segundo a publicação o teto orçamentário, de 40 milhões de Libras proposto pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), para a Fórmula 1, em 2010 motivou as equipes Epsilon Euskadi e a RML de Ray Mallock, que disputam campeonatos de turismo, a equipe Campos, que disputa a GP2, e ainda uma outra que seria formada por Nick Wirth — com passagem pela F-1 na antiga  Simtek e  Benetton, a entrarem em contato com a FIA revelando a intenção de entrar para a principal categoria do automobilismo. Enquanto isso a entidade aguarda a decisão do tribunal de Paris, que foi provocado pela Ferrari ao se opor ao regulamento da F1 para 2010.