Barrichello completa 37 anos no sábado e espera tirar o máximo de seu carro na classificação

21 de maio de 2009

O Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, que acontece domingo (24), e será válido pela sexta rodada da temporada 2009 da categoria, além de ser considerado uma das mais tradicionais corridas do mundo com um cenário do porto de Monte Carlo, as estreitas ruas do principado e o famoso túnel, que proporcionam um espetáculo de velocidade aos fãs de automobilismo é também “o máximo”, na opinião de Rubens Barrichello, da Brawn GP. “Adrenalina, perigo te rondando a todo momento, e a classificação é o mais legal”, destacou o brasileiro, que correrá em Mônaco pela 17ª vez. “Dirigir um carro de Fórmula 1 em Mônaco é um desafio fantástico. A experiência conta muito em Mônaco, e será um fim de semana fascinante com a concorrência tão perto, no pelotão da frente. A classificação aqui é um dos grandes desafios do ano, e é muito importante fazer isso certo para te dar as melhores chances na corrida” disse Barrichello, que já foi segundo em Mônaco, em 1997, pela Stewart.

“As características únicas de Mônaco apresentam alguns desafios técnicos. As ruas são apertadas e mistas, apesar de que, depois de tanto tempo, o trabalho não é tão difícil. Nós vamos correr com o máximo de pressão aerodinâmica possível no carro, boa aderência mecânica, e o controle em baixa velocidade é crucial”, explicou o piloto, que completa 37 anos no sábado (23). Fonte:www.barrichello.com.br/ Fotos:Brawn GP