Bia Figueiredo passa bem após acidente em Indianápolis

23 de maio de 2009

Ana Beatriz Bia, da Healthy Choice Sam Schmidt Motorsports, passa bem após o acidente que teve na 16a das 40 voltas da Firestone Freedom 100, a prova de 100 milhas da Firestone Indy Lights que foi disputada em Indianápolis, no início da tarde desta sexta-feira (22). Bia colidiu com o carro de Gustavo Yacaman, quando os dois entraram juntos na curva 1. A seguir, ela bateu a quase 300 km/h no muro interno do circuito e seu carro foi se arrastando até a curva 2.

Pelo impacto da batida, a organização optou por retirá-la da pista de ambulância e encaminhá-la ao hospital. Mas ela sofreu apenas escoriações no cotovelo esquerdo e no joelho direito, e cortou o queixo, ao bater contra o microfone interno do capacete. Levou cinco pontos. 

Bia havia largado da quarta posição, e pulado para a terceira logo nas voltas iniciais. Caiu para a quarta e estava na sexta posição quando chocou-se com o carro de Yacaman. “No tráfego, meu carro vinha saindo um pouco de frente. Diante de mim, estavam quatro carros brigando e eu perdi downforce. Ao mesmo tempo, o Gustavo Yacaman vinha ao meu lado e resolveu tentar me passar por fora. Não me deu espaço o suficiente para fazer a curva. Eu tentei desacelerar ao máximo, pois é lógico que não queria bater, mas também não foi o suficiente”, Bia explica.

Ela está liberada pela direção médica da Firestone Indy Lights para correr na sexta etapa do campeonato, que será disputada no próximo fim de semana, no circuito oval de Milwaukee.